Sunday, 31 October 2010

Maninho

Maninho de joelhos, posando para a foto, durante o Mundial de La Coruna em 1998; na foto estao igualmente a Cristina sentada no meu joelho, a Sónia coma Samantha no colo, o Joao Mangue (RIP) nosso massagista,o Antoninho guarda redes e actualmente Árbitro e o Jaime Fumo avancado; vinte e dois anos depois Maninho torna-se num dos melhores jogadores Mocambicanos!


















Ivan Esculudes, ou melhor, Maninho, é um dos jogadores fundamentais da Seleccao de Mocambique.


Filho de Arsénio Esculudes, uma velha raposa do hoquei mocambicano, irmao do saudoso Sénito, um dos melhores jogadores pós-Independencia, Maninho é um jogador especial, com bom drible e remate colocado, que lhe dao vantagens no confronto individual; tem uma patinagem que pode ser desenvolvida, adaptando-se correctamente ao equipamento e trabalhando em pisos rápidos; possui uma boa estrutura fisica que poderá ser melhorada com trabalho de ginásio.


Tácticamente poderá aumentar imensamente, se tiver a possibilidade de jogar num outro Campeonato mais competitivo, como por exemplo em Portugal ou Espanha; num dos acordos com a Federacao da Catalunha, previa -se o envio deste atleta para a Catalunha, para ali ser integrado numa equipa da segunda divisao e assim ter um melhor nível competitivo; no entanto, devido a problemas financeiros ainda nao solucionados, este acordo com a Federacao Catala nao está activo e assim Maninho ve-se impedido de concretizar um sonho, o de jogar no estrangeiro, como o seu irmao Sénito fez na Itália em 1992/3.


ZC55

(Fotos do site UK Roller Hockey)

Estados Unidos vencem Mundial "B"

Vencendo na final a equipa da África do Sul por 5-1, os EUA vencem pela 3a vez um Mundial "B", desta vez na Áustria/Dornbirn, subindo ao grupo "A" e juntando-se a Mocambique, Angola e Portugal no Grupo "C" de qualificacao do proximo Mundial de S.Juan na Argentina/2011.
De novo, Mocambique irá enfrentar os EUA na fase de grupos do proximo Mundial, onde resultados anteriores tem sido favoráveis aos EUA; no registo anterior de jogos disputados entre estas 2 seleccoes, os EUA levam enorme vantagem, desde a primeira vez que Mocambique jogou com os EUA no Mundial de S.Juan em 1978.
Eu joguei neste primeiro jogo contra os EUA, marcando um golo e estavamos a vencer por 3-0, quando os EUA deram a volta no resultado, conseguindo vencer-nos por 4-3, nos segundos finais do jogo; lembro-me de ter ficado imensamente zangado com o nosso guarda-redes Joao Boavida, por no final do jogo e no balneário ter gozado com o jogo, esforco e resultado final.
Assim, caso Mocambique venha a ultrapassar todas as dificuldades financeiras e organizativas para a participacao no proximo Mundial, terá como adversários 3 Seleccoes fortes, sendo provávelmente o grupo mais difícil na fase inicial do Mundial de S.Juan/2011.
A África do Sul classificou-se em segundo lugar e pela primeira vez irá participar num Mundial "A", como prémio de todo um trabalho sério que tem vindo a realizar, com a colaboracao da Federacao da Catalunha; a outra Seleccao que regressa ao grupo "A" é a Holanda que venceu a Austria por 4-3; a Áustria a jogar em casa e que tinha séria aspiracoes a subida, acabou por se revelar como uma equipa motivada e apostada em desenvolver o seu hóquei.
ZC55
(Foto do site UK Roller Hockey)

Saturday, 30 October 2010

Egipto termina em 7a posicao


O principal objectivo da Seleccao do Egipto no Mundial do grupo "B" da Austria/Dornbirn/2011 nao foi alcancado!

No ultimo jogo deste Mundial "B", o Egipto venceu a Australia por 7-5, classificando-se na 7a posicao, um lugar acima da ultima classificacao obtida no Mundial da África do Sul/2008.

Depois de uma participacao positiva no ultimo Africano de Clubes, atraves do Al Dakhleya Roller Hockey, que forneceu 6 jogadores a esta Seleccao, nao compreendo o que se terá passado para o entao Selecionador Nacional Captain Samir ter sido substituído; este tecnico tinha acompanhado todos os treinos e jogos durante o período de treinamento em Marco deste ano, quando estive no Cairo por 12 dias e estava preparado para a conducao nao só da equipa a nível do Clube como igualmente a nível da Seleccao.

Fica agora a hipótese do próximo Mundial "B" ser organizado no Egipto, em 2012 e aí sim, conseguir chegar ao grupo "A", através de muito trabalho e empenhamento de todos os intervenientes.

Bom regresso Egipto!

ZC55

Thursday, 28 October 2010

Egipto a caminho de uma melhor prestacao


A Seleccao Nacional do Egipto continua a lutar por uma melhor classificacao neste Campeonato Mundial grupo "B" em Dornbirn, Austria.

Após ter sido qualificado para os quartos de final, defrontou um dos candidatos ao título, a Austria a jogar em casa, acabando por perder por expressivos 5-0; um resultado que obriga agora o Egipto a disputar a possibilidade de um quinto lugar, no jogo de amanha contra o Uruguai, uma equipa que compareceu neste Campeonato com muitas dificuldades.

Espero que os irmaos Egipcios consigam ultrapassar este obstaculo, para depois enfrentarem possivelmente de novo Macau no útimo jogo deste Mundial e confirmarem uma posicao melhor do que o útimo Mundial/2008.

Avante Egipto!


ZC55
CALENDARIO
Semi-finais: Sexta Feira 29 Outubro 2010
:
9:00 am
Japan
India
:
10.30 am
New Zealand
Israel
:
4:00 pm
Macau
Australia
:
5:30 pm
Uruguay
Egypt
:
7:00 pm
Netherlands
USA
:
8:30 pm
South Africa
Austria

Ferroviario vence Torneio de Abertura


A foto refere-se a entrega da Taca ao Ferroviario de Maputo, pelo Presidente da Federacao Mocambicana de Patinagem Nicolau Manjate, após a vitória ontem a noite sobre o Desportivo por expressivos 6-1.

De acordo com alguns relatos dos intervenientes, houve emocao e foi uma boa jornada de hoquei, pena que o publico nao tenha aderido; uma 4a feira nocturna na Baixa de Maputo nao é dos melhores locais para a realizacao de jogos, pois as dificuldades em transporte e a localizacao descentralizada em termos de densidade populacional urbana nao convida o publico a participar.
Estas jornadas em tempos de escassez de Pavilhoes, deveriam ser disputadas nos fins de semana, logo após jogos de futebol na mesma zona, onde o publico curioso sobre uma modalidade desportiva pouco divulgada e praticada, poderia participar e seria uma forma de atraccao.

Faco votos para que agora a modalidade continue sem interrupcoes e que mais Torneios sejam de imediato realizados, com uma distribuicao mais equitativa de jogadores, em dias e horas mais convidativos.

ZC55

Tuesday, 26 October 2010

Egipto no Mundial "B" na Austria




Teve inicio na passada 6a feira, o Campeonato Mundial Grupo "B" de Hoquei em Patins, na Cidade Austríaca de Dornbirn, contando com a presenca de 12 equipas.
A equipa do Egipto iniciou a competicao goleando a India por 17-1, perdeu o segundo jogo com a Africa do Sul por 8-2, depois das duas equipas terem terminado a 1a parte empatadas a uma bola (o que tera acontecido para na 2a parte perderem por 7-1?) e no jogo de ontem ganharam ao Japao por 4-2.
Duas vitorias e duas derrotas, dao esperanca para uma posicao entre os 3 primeiros classificados do grupo, bastando uma vitoria amanha sobre Macau para que este objectivo seja alcancado; o Egipto jogou hoje com os EUA, perdendo por 10-1, num jogo dificil contra um serio candidato a promocao ao grupo "A".
Mais informacoes e fotos sobre este Mundial poderao ser encontradas nos sites:
Forca Egipto!!
ZC55


Sunday, 24 October 2010

Stamford Bridge 4















Acompanhado pelo meu amigo e colega Michael, que me convidou para este extraordinario dia, fomos para as bancadas assistir ao aquecimento das equipas e a entrada gradual do publico.
Seguiu-se o desfile das equipas e das claques, em especial o "Stamford", o simpatico mascote leonino adoptado pelo Clube.
A lotacao do Estadio esgotou-se com cerca de 42.000 espectadores, vibrantes e entusiasmados; estava eu tao interessado em ouvir os apupos ao jogador Stephen Hunt do adversario Wolverhampton Wanderers "Wolves", que quase perdi o primeiro golo do Chelsea FC aos 23 minutos da 1a parte, por intermedio do jogador Frances Florent Malouda; é que Hunt foi o jogador que há duas epocas provocou uma lesao grave ao guarda-redes Petr Cech, na cabeca, o qual ainda hoje e se calhar até ao final da sua carreira desportiva, terá que jogar com um capacete protector.
Seguiu-se o jogo, um passeio tranquilo do Chelsea que terminou com uma vitória de 2-0, ficando
mais golos por marcar; o segundo golo foi apontado pelo jogador da Costa do Marfim, Salomon Kalou que entrou cerca de vinte minutos antes do final da partida; o Wolverhampton fez o seu melhor, defendeu-se bem e teve poucas ocasioes em que tenha provocado algum perigo para o Chelsea FC; assim até nao custa ser fa deste Clube que tem dominado esta fase inicial do Campeonato Ingles.
ZC55

Stamford Bridge 3







Depois da compra do cachecol na loja do Clube, onde o merchandising e a palavra de ordem, onde tudo se vende,para todas as idades e gostos, um mundo infindavel de souvenirs, equipamentos, bolas, etc. onde tive que me controlar afincadamente, pois corria o risco de chegar ao final do mes a descoberto, foi a vez de tirar a foto com o simpatico seguranca que me assegurou estar tudo bem, pois bastava ser simpatizante do Chelsea FC para ser bem vindo.
Seguiu-se depois a hora do "buffet"; o convite incluia um repasto extenso, uma abundancia de "starters", comida quente, com varias saladas e doces; enorme banquete em tempos de escassez, mas este mundo do futebol e outra dimensao, e uma outra realidade, uma realidade que se torna apenas possivel quando se esta nela; de resto, apenas se trata de ilusoes e formas virtuais; existe uma vida completamente diferente daquela a que estou habituado; ha pessoas que fazem regularmente esta forma de viver; o preco do lugar cativo a qual tive o privilegio de ter acesso por um dia, custa anualmente cerca de 4.000 libras!
Comi por tres dias, fiquei demasiado "satisfeito" e depois de um expresso, la fui finalmente para as bancadas ver o aquecimento das equipas.
(Continua)

Stamford Bridge 2





Chegado ao Estadio, uma ronda pelas areas circundantes, incluindo as paredes do velho estadio,decoradas com fotos de jogadores do passado e do presente; junto a placa do Shed End e da foto do guardiao Petr Cech, com a estatua do heroi destas banda Peter Osgood (Ossie), o King de Stamford Bridge e com os Hoteis que ladeiam o Estadio.
Era ainda cedo, os amantes da bola iam chegando, mas ja havia muita gente para o jogo que se iria iniciar as tres horas.
Muita seguranca, muitos vendedores, todos eles devidamente identificados e distribuidos ao longo das areas adjacentes ao Estadio, sem se tornarem macadores
ou importunos.
(Continua)

Stamford Bridge 1




Manha de Sabado, 23 de Outubro; acordei hesitante sem me decidir como viajar ate Stamford Bridge.




O Estadio do Chelsea FC encontra-se localizado no famoso bairro elitista de Chelsea e Kensington, onde moradias pintadas de branco a lembrar uma epoca colonialista, se alinham ao longo das varias travessas e ruas, algo estreitas, por entre espacos verdes e lojas tipicas com produtos a precos exorbitantes.




O parqueamento de viaturas luxuosas nas ruas e indicativo do alto nivel de vida dos seus habitantes: desde magnatas russos atraidos inicilamente pelo proprio dono do Chelsea FC ,passando por diplomatas, artistas, banqueiros e financeiros; desde Porsches, Mercedes, Maseratis, Ferraris, Jaguars, etc,parqueados nestas ruelas estreitas, ate bicicletas usadas recreativamente ou mesmo como meio ecologico de deslocacao.
Indeciso entre qual a viatura a utilizar (tal como as fotos revelam) acabei por decidir-me pelo Porsche, chegando ao Estadio por volta do meio-dia.




(Continua)

Friday, 22 October 2010

X Jogos Africanos em Maputo 2011







Irei colocar aqui informacoes sobre os X Jogos Africanos a realizarem-se em Maputo e em outras localidades no Sul de Mocambique, considerados como as Olimpiadas Africanas, que servirao igualmente de preparacao para os Jogos Olimpicos de Londres em 2012.








Uma das ultimas noticias divulgadas no Jornal Noticias, refere-se as condicoes em torno das modalidade de Remo e Canoagem, que serao realizadas inicialmente em Chidenguele, nas suas belas lagoas.








Transcricao:





JOGOS AFRICANOS DE MAPUTO-2011 - Criadas condições para remo e canoagem em Chidenguele
O MINISTRO da Juventude e Desportos assegurou que estão criadas as condições mínimas para que a Lagoa de Nhambavale acolha as provas de remo e canoagem integradas nos Jogos Africanos de Maputo-2011.Falando no final de uma visita que efectuou sábado àquele local, situado em Chidenguele, na província de Gaza, Pedrito Caetano disse ter constatado haver potencial, em vários prismas, para que as competições decorram sem sobressaltos, mas chamou a atenção para a necessidade de os diversos actores, entre políticos, desportistas, empresários e a sociedade civil, se envolverem com afinco na preparação deste evento, cujo sucesso prestigiará, acima de tudo, Moçambique e os próprios moçambicanos.Na Lagoa de Nhambavale, para onde se deslocou na sequência da visita de três dias que efectuou à província de Gaza, escalando sucessivamente os distritos de Bilene, Chókwè, Guijá, Chibuto, Manjacaze e Xai-Xai, Pedrito Caetano inteirou-se das obras em curso para que aquelas duas modalidades sejam uma realidade, com destaque para os balneários na zona reservada às competições. Paralelamente, teve um encontro com os operadores turísticos locais, com a finalidade de lhes dar a conhecer o que efectivamente irá acontecer em Chidenguele com a realização da maior festa desportiva do Continente Africano.Estando já sensibilizados sobre o facto, os agentes do turismo de Gaza, particularmente de Chidenguele, manifestaram a sua disposição de trabalhar para que aquela zona seja um exemplo no quadro dos Jogos Africanos, através do seu alto profissionalismo e oferta do melhor que a região possui tanto em termos desportivos, neste caso específico para a prática de modalidades aquáticas como remo e canoagem, como do ponto de vista de hospitalidade, que, afinal, é apanágio dos moçambicanos.Tal como acontece com o resto do país, o Ministro da Juventude e Desportos constatou, em Gaza, que ainda há um défice em termos de divulgação da Olimpíada continental, daí ter apelado para que a mensagem que o Governo leva à volta dos Jogos Africanos chegue a toda a gente, nas cidades e vilas, nos bairros e nas comunidades, até aos lugares mais recônditos de Moçambique.“Queremos que o país participe de forma massiva em todos os momentos dos Jogos Africanos de 2011, prestando um grande apoio aos nossos atletas, assim como contribuir de forma multifacetada na organização do próprio evento. É responsabilidade de todos nós lutar para vencer em diversas frentes, no campo de jogos e na organização, como forma de dignificar Moçambique, na qualidade de anfitrião”, disse Pedrito Caetano.No entanto, o ministro mostrou-se preocupado com a falta de campos relvados naquela província, particularmente na sua capital, Xai-Xai, numa altura em que o Clube de Gaza está empenhado na ascensão ao Moçambola, uma vez que disputa a “Poule” de Apuramento da Zona Sul. A-propósito, Pedrito Caetano referiu que o problema da falta de campos relvados não é exclusivo de Gaza, mas sim uma preocupação do país inteiro, daí o Governo estar a trabalhar no sentido de se minimizar esta questão, que concorre para a má qualidade do nosso futebol.



ZC55





As fotos da Lagoa Nhambavale em Chidenguele, foram retiradas do blog da "Aboborita" o qual agradeco.

Torneio de Abertura - 2a Jornada


De acordo com Jornal Noticis, realizou-se na passada 4a Feira a segunda jornada do Torneio de Abertura da Cidade de Maputo em Hoquei em Patins.
Transcricao:

Torneio de Preparação de Hóquei em Patins: Favoritos na senda das goleadas
O FERROVIÁRIO e o Desportivo estão a evidenciar uma super veia goleadora no Torneio de Preparação de Hóquei em Patins da Cidade do Maputo. Nas partidas da segunda jornada, realizadas na última quarta-feira, os “locomotivas” humilharam o Maxaquene, por 13-0, enquanto os “alvi-negros” impuseram uma pesada derrota ao Estrela Vermelha, por 7-1.

Ambas as equipas lideram a prova com seis pontos, embora os “locomotivas” tenham um melhor índice no “goal-average”. Os comandados de Pedro Tivane marcaram em dois golos 33 golos e sofreram apenas dois, números de fazer inveja a qualquer equipa, enquanto os de Pedro Pimentel somam 19 marcados e o mesmo número de sofridos.
Na primeira jornada, o Ferroviário goleou o Estrela Vermelha, por 20-2. O Desportivo bateu o Maxaquene, por 12-1.Na próxima jornada realiza-se o sensacional embate Ferroviário-Desportivo.
Ja aqui me tinha referido ao desnivelamento existente entre as quatro equipas participantes neste Torneio; por um lado a dupla Desportivo e Ferroviario com jogadores que na sua maioria fazem parte da Seleccao Nacional e por outro lado o Estrela Vermelha e Maxaquene com jogadores que gostam de jogar hoquei pelo hoquei e que enfrentam imensas dificuldades em termos de apoio por parte das suas Direccoes.
Embora seja salutar registar a continuidade da competicao, a falta de motivacao podera levar a desistencia de uma ou duas equipas e entao sera mais dificil a continuidade da mesma competicao; oxala que isso nao se verifique e que as minhas sugestoes sejam ouvidas la em Maputo, pois aqui distante apenas me resta este grito cibernetico para tentar melhorar a situacao do hoquei em Mocambique.
ZC55
(Na foto a equipa do Ferroviario de Maputo)

Sunday, 17 October 2010

Eleicoes na Federacao Mocambicana de Patinagem


De acordo com o Jornal "O Pais", vai-se realizar em Novembro uma Assembleia Geral para a eleicao de uma nova estrutura directiva para a Federacao Mocambicana de Patinagem.
Esta informacao foi prestado pelo actual Presidente da Assembleia Geral, Dr. Lucas Chachino. o qual refere-se a dificuldades organizativas para a criacao de uma Comissao Directiva apos a demissao do anterior Presidente da Federacao Candido Coelho.
Para mim existe apenas um candidato para assumir o cargo de Direccao da Federacao e propor os restantes elementos para as estruturas da Federacao, de acordo com os seus Estatutos, recentemente registados notarialmente; esse candidato e sem duvida o NICOLAU MANJATE.
Por varias vezes aqui me referi a longa ligacao que o Nicolau Manjate tem com a modalidade, desde os tempos da Federacao em 1977, quando desempenhava o cargo de Responsavel pelos Campos e Equipamentos, ate a sua nomeacao para cargo de Vice-Presidente para a area de Relacoes Exteriores, nas duas ultimas Direccoes.
O Nicolau Manjate esta motivado e entusiasmado para assumir a Presidencia da Direccao, tem capacidade empresarial e financeira, esta bem conotado politicamente com o Governo e Partido Frelimo em Mocambique, possui uma maneira de ser muito peculiar, calmo e seguro nas suas decisoes.
Qualquer outro candidato que apareca agora, so podera ser movido por outras intencoes que nao sejam apenas levantar a modalidade da complicada situacao em que se encontra; existe hoje em dia em Mocambique uma certa ganancia para a ocupacao de cargos directivos no desporto, com intuitos pessoais e pouco claros.
Faco votos para que exista um consenso em redor do Nicoalu Manjate, apoio e suporte por parte daqueles que no terreno lutam para que a modalidade nao desapareca, nomeadamente os jogadores, poucos tecnicos e alguns arbitros.
ZC55
(Na foto, o Nicoalu Manjate esta a direita)

Saturday, 16 October 2010

Clube de Desportos da Maxaquene


Esta equipa da Maxaquene que se apresentou na primeira jornada do Torneio de Abertura desfalcada de alguns jogadores, tem feito tudo ao seu alcance para que a equipa nao desapareca.
A Direccao do Clube nao tem prestado muita atencao a esta equipa; a conquista de um honroso terceiro lugar no recente Campeonato Africano de Clubes disputado em Pretoria, que garantiu um lugar no podio e uma medalha de prata, nao foi condignamente reconhecida pelo proprio Clube ou a sua Direccao.
E uma equipa desligada dessa mesma Direccao, que nao define a sua posicao, colocando-se numa posicao ambigua e pouco confortavel, para quem representa as cores de um Clube com imensa tradicao no panorama desportivo Mocambicano e uma longa historia de hoquei em patins, desde dos tempos do ex-Sporting Clube de LM.
Este Clube possui o melhor Pavilhao para a pratica da modalidade, mas os patins nao sao autorizados a rolar, porque poderao "riscar" o piso de parquet, prejudicando a pratica de outras modalidades; esta ideia nao e correcta, os patins com rodas adequadas ao piso, nao riscam o parquet; poderao deixar algumas marcas de borracha, mas nada diferente dos mesmo tipo de marcas de borracha que as sapatilhas ou tenis utlizados em outras modalidades de salao.
As camisolas desta equipa do Maxaquene, fazem a publicidade a uma grande empresa, a Aeroportos de Mocambique e o proprio Clube tem o patrocinio das Linhas Aereas de Mocambique, as LAM; contudo, estas duas empresas nao dao nenhum apoio a esta equipa, provavelmente nem a reconhecem como sendo representativa do Clube.
Alguns praticantes da modalidade que nao estao a jogar regularmente por outros clubes, como por exemplo os gemeos Costa, o Nuno Tavares, e outros mais como o proprio Gito, poderao reforcar esta equipa e jogarem a competicao a um nivel mais equilibrado.
ZC55

Estrela Vermelha de Maputo




Foto da equipa do Estrela Vermelha de Maputo que participou na 1a Jornada do Torneio de Abertura da Cidade de Maputo.
Esta equipa apresentou-se desfalcada de varios jogadores por razoes diversas; uma das formas para o aumento da participacao e elevacao da motivacao em torno do hoquei em patins, sera a integracao de praticantes qur deixaram de praticar a modalidade, simplesmente porque atingiram uma certa idade.
Uma das caracteristicas desta modalidae, e permitir a sua pratica independentemente da idade de seus praticantes; em qualquer estagio de vida, patinar e manejar um stick e bola, e sempre possivel, quando se tem a tecnica e experiencia acumulada de muitos anos.
Eu proprio pratiquei a modalidade em Seniores, ate aos meus 53 anos de idade, jogando pelo Southsea/Portsmouth, Inglaterra e consegui vencer o Campeonato de Seniores da 1a Divisao; paralelamente disputei o Campeontao de Veteranos conseguindo igualmente alcancar o primeiro lugar.
Praticantes que deixaram de jogar como o Pedro Tivane, Afonso Gordandas, Justino Miguel, Passarinho, Telinho, Celio, Julinho, Horacio, Antoninho e tantos outros, poderiam contribuir para um maior numero de praticantes e porem o material e equipamento que ainda tem disponivel ao servico da modalidade, ensinando um petiz na aprendisagem.
Antigos praticantes como Neutel Abreu, Americo, Ze Mauro, Joao Boavida, Simoes, Arsenio, Zefanias, Mateus, e tantos outros, deveriam igualmente comparecer e fazerem umas peladas junto dos mais novos, ensinando tudo aquilo que aprenderam ao longo de mais de 30 a 40 anos de carreira desportiva.
ZC55

Thursday, 14 October 2010

Inicio do Torneio de Abertura


Finalmente arrancou o Torneio de Abertura em Maputo!
Com uma semana de atraso em relacao a programacao incial, teve inicio ontem a 1a Jornada do Torneio de Abertura de Hoquei em Patins, na Cidade de Maputo, com a realizacao de 2 jogos.
O atraso registado deveu-se a varios factores, desde da chuva que fustigou o Campo Anexo do Pavilhao do Estrela Vermelha (ex-Malhangalene), cujas aberturas laterais permitem a entrada das aguas pluviais, passando pelos constragimentos ligados a disponibilidade do referido Anexo, terminando com a transferencia da jornada para o Pavilhao do Desportivo.
A jornada de ontem, disputada no Pavilhao do Desportivo, com algumas zonas alagadas pelas chuvas que parcialmente entraram pelas laterais nao protegidas, foi uma afirmacao de todos os participantes em quererem demonstrar que desejam realmente ultrapassar todas as dificuldades e fazerem aquilo que realmente gostam: jogar hoquei!
A disponibilidade do unico Pavilhao adequado a pratica de alta competicao (o Anexo do Estrela nao reune essas condicoes) acabou por surgir como resultado dos pagamentos que a Federacao efectou ao Clube, regularizando assim uma situacao em contencioso ha algum tempo e que impedia a sua utilizacao; um passo positivo!
As 4 equipas que se fizeram presentes, apresentaram-se da melhor maneira possivel, sabendo-se das dificuldades em treinamento e organizacao, tendo os resultados finais sido desnivelados, em face daquilo que cada Clube tem feito em prol da modalidade.
Assim, o Desportivo apresentou-se em forca, derrotando a equipa do Maxaquene desfalcada de tres jogadores fundamentais, por 11-3; a equipa do Maxaquene podera redimir-se deste resultado na proxima jornada, caso todos os jogadores se facam representar.
No outro jogo da noite, o Ferroviario igualmente em forca, derrotou a equipa do Estrela Vermelha desfalcada de alguns jogadores, por expressivos 21-2; dificilmente o Estrela conseguira melhorar, caso nao haja afectacao de mais jogadores, pois apenas 5 jogadores estiveram em campo.
Os resultados nao sao nesta altura de abertura da competicao o mais importante, mas para que as bancadas fiquem recheadas de mais publico, o qual possa disfrutar de um maior nivel competitivo, algumas alteracoes teram que ser tomadas em conta: equilibrio das equipas, com uma distribuicao mais equilibrada de jogadores; o horario nocturno, ligado ao posicionamento do Pavilhao, nao atrai publico; as jornadas deverao ser realizadas ao fim de semana e em horario que coincida com o final de outras competicoes que se realizam na mesma zona, como por exemplo o futebol.
A mobilizacao do publico e fundamental para que a modalidade entre nos amantes do desporto em geral e que nao conhecem a mesma; para tal, os horarios e dias da semana deverao ser discutidos em termos de propaganda da modalidade, praticada apenas por 4 clubes e que acarreta um esforco e investimento enorme, sem que haja um retorno.
ZC55

Wednesday, 13 October 2010

Cuca, jogador do Desportivo e da Seleccao



Uma foto do Cuca (Luis Marques), jogando pelo Desportivo em Juniores (camisola branca, no meio de 2 jogadores adversarios) num jogo disputado no antigo campo do SNECI, contra o Malhangalene, em 1976.
Nesta altura, a competicao era disputada a nivel de Juniores e Seniores, havendo varias equipas, entre as quais o Desportivo, o Ferroviario, o Malhangalene, SNECI, Academica,UFA e D.Bosco.
O Cuca teve a possibilidade de jogar e ser treinado pelo saudoso Fernando Adriao e transcrevo aqui algumas das sua proprias palavras sobre esta epoca:

"Em 1976 fui campeão pelo Desportivo de Maputo ainda jogava o Miguel Roussou, que deixou de jogar em 1976. Penso que o seu último jogo foi no Pavilhão do Sporting, também contra a equipa do Ferroviario. Recordo-me de um jogo em especial e contra o BENFICA em que estávamos a perder por 1-7 ao intervalo e conseguimos empatar este desafio a 7-7 só com 03 elementos ( Henrique Vembane na baliza, Fernando Adrião, Cuca e Zeca Santos ) O Miguel Roussou lesionou-se ao intervalo num tornozelo e teve que ir ao hospital. ( Pavilhão do Malhangalene - Grande Noite ) ainda me lembro em que baliza marcámos os golos da 2ª parte ( lado direito para quem está de frente para a mesa de jogo e banco de suplentes ) Marcou-me mesmo muito este jogo com o Fernando a "GRITAR" connosco putos que não podiamos perder esse jogo, pois derrota nem não constava no nosso vocabulário. Neste primeiro ano de Sénior foi tremendo para mim pois entrava nos jogos a tremer porque o respeitinho era muito pelos " MONSTROS " do Hoquei Patinado Em 1977 fui campeão pelo Desportivo de Maputo com Fernando Adrião e Rui Fouto ( outro jogador grande jogador (guarda redes) " desviado " pelo Rito - o que fazia a Filmarte hehehehehe. Ainda me recordo de algumas peripecias bem giras pois eu também joguei andebol no Benfica com o Rui Fouto, Paulo de Carvalho ( basquete do desportivo ) e penso que contigo também. Eram grandes cabazadas quando jogávamos com algumas equipas de Maputo. "
O Miguel Rousseau seria ainda repescado por mim na epoca 1979/80, para a equipa do Costa do Sol, terminando como Campeao Nacional, a primeira Taca conquistada pelo Costa do Sol, depois da transiccao de ex-Benfica de LM para a nova designacao.
ZC55

Arsenio Esculudes


Arsenio Esculudes (pai) (na foto ao lado do seu filho Ivan), uma figura lendaria no Hoquei em Patins Mocambicano, um Homem dedicado ao Hoquei, a sua familia e ao seu Ferroviario.
Arsenio dedicou-se ao hoquei depois de ser decidido por esta modalidade, em detrimento do futebol, onde era igualmente um optimo praticante.
Foi um dos primeiros atletas a representar Mocambique a nivel internacional, desde dos Juniores no SNECI, fazendo depois parte da 1a Seleccao Nacional que disputou 7 jogos contra a Holanda, em varias Provincias, logo a seguir a Independencia Nacional em 1975.
Fez igualmente parte da Seleccao Nacional de Mocambique que participou pela primeira vez num Mundial da modalidade, em S. Juan/1978.
Jogador de forte constituicao fisica, excelente patinador com bom dominio de bola, jogava como medio-defensivo e fazia imensas assistencias que resultavam em varios golos; tinha um boa leitura de jogo, era duro e fazia uso da sua boa constituicao fisica para ganhar lances divididos.
Disciplinado, jogador de equipa, viria muito cedo a assumir a posicao de Treinador, chegando a Seleccionador Nacional de Mocambique, tendo dirigido a Seleccao em varios Torneios de Montreux e Mundiais "A" e "B".
Os seus filhos Senito (RIP), Kiko e Manito deram continuidade ao nome Esculudes no panorama hoquista Mocambicano, sendo igualmente jogadores de elite e da Seleccao; Senito foi considerado um dos melhores jogadores pos-Independencia, tendo jogado ainda a nivel profissional na Italia; os manos Kiko e Manito continuam a ser titulares da actual Seleccao Nacional.
Esta na altura de ter uma homenagem, por tudo aquilo que fez pela modalidade e pelo seu esforco em contribuir para que a modalidade nao desapareca definitivamente do panorama desportivo em Mocambique.
ZC55
(Foto cedida pelo Manito, do seu Facebook)

Wednesday, 6 October 2010

Inicio da competicao em Maputo






















De acordo com noticia publicada hoje no Jornal Noticias de Maputo, a competicao a nivel da Cidade de Maputo e a nivel de todo o Pais, vai reiniciar-se a partir de hoje, com a introducao das novas regras de hoquei em patins.

Hóquei em patins: Torneio de Preparação na ordem do dia
ARRANCA hoje na capital do país o Torneio de Preparação de Hóquei em Patins. A prova será disputada no Pavilhão Anexo do Estrela Vermelha e envolve quatro equipas, nomeadamente Ferroviário, Desportivo, Estrela Vermelha e Maxaquene.
Maputo, Quarta-Feira, 6 de Outubro de 2010:: Notícias

A “stickada” de saída será dada a partir das 20.00 horas no jogo entre o Desportivo e o Maxaquene.
Os “alvi-negros”, formados por jogadores de maior referência a nível nacional, casos de Bruno Pimentel, Wilson Sigalete e Arnaldo Queiroz, são claramente os candidatos a vencer. A avaliar pelo nível qualitativo entre ambas equipas, é bem provável que o façam por número bem volumosos, à semelhança do que tem acontecido noutros anos. É que ao contrário do futebol e basquetebol, em que os eternos vizinhos fazem valer a rivalidade com jogos bem renhidos, no hóquei os “tricolores” são de longe inferiores.
O jogo mais aguardado da noite coloca frente-a-frente o Ferroviário e o Estrela Vermelha, às 21.00 horas. Apesar de os “locomotivas” possuírem, à semelhança dos “alvi-negros”, um conjunto bem estruturado, com jogadores de craveira internacional, onde se destacam Kiko e Maninho, os “alaranjados” viram subir em flecha a cotação ao obterem um surpreendente quarto lugar no Campeonato Africano de Clubes.
Nessa prova continental veio ao de cima a experiência do “kota” Sandro dos Santos, bem como emergiram alguns talentos, como é o caso de Nuno Canaveira, jogador que com mais trabalho pode singrar na modalidade. Perante estes condimentos, espera-se um jogo muito apetitoso mais logo.
O Torneio de Preparação serve para dar ritmo competitivo às equipas, de modo que possa estar em forma para disputar o Campeonato da Cidade do Maputo e disputar eventos internacionais.

ver em: http://www.jornalnoticias.co.mz/pls/notimz2/getxml/pt/contentx/1105331

O meu comentario sobre esta noticia:


E sempre uma boa noticia saber que a competicao vai reiniciar, melhor ainda c/ as novas regras, significa evolucao e adaptacao a realidade a nivel Mundial;


por outro lado, a diferenca competitiva entre as 4 equipas participantes devera ser ponderada, de forma a estimular a propria competicao, motivar todos participantes e animar o publico com a incerteza dos resultados finais;


isso envolve por parte de todos os atletas e tecnicos, uma conversa sensata, em termos de cedencia e troca de jogadores, balanceando o nivel tecnico das 4 equipas;


por exemplo, os jogadores suplentes do Ferroviario ou Desportivo deveriam reforcar as outras 2 equipas; um "craque" do Ferroviario e outro do Desportivo deveriam ir p/ o Estrela e outro p/ o Maxaquene;


recentemente por ocasiao do Africano isso aconteceu, embora de uma outra forma, mas com mesmo resultado; penso que foi uma iniciativa de enorme valor desportivo,pois independentemente das cores clubisticas, o que prevaleceu foi o bom senso e vontade em honrar o hoquei nacional numa competicao internacional, onde estiveram presentes jogadores de nivel mundial;


finalmente em relacao ao Campo Anexo do Estrela; recentemente houve uma oferta de um patrocinador da modalidade para recuperacao total do Campo e seus anexos (consultorio medico, salas adjacentes); no entanto a Direccao do Clube nao aceitou essa oferta porque estariam a ponderar a recuperacao do Pavilhao; o Anexo continua quase impraticavel p/ um hoquei de alta competicao (as pessoas no terreno sabem melhor do que eu!!); que tal perguntarem ah Direccao do Estrela, ao Presidente Sr.Manhique sobre a situacao da recuperacao do Anexo?


faco votos para uma boa competicao, sem problemas disciplinares, com muita amizade e convivio salutar!!
ZC55

Tuesday, 5 October 2010

Mundial Andorra 1992


Seleccao Nacional de Mocambique
esq.p/dir.
em cima: Gomes (massagista), Americo (Capitao) , Sandro, Carlitos, Senito, Justino e Prof.Lazaro Sengo (Prep. Fisico)
em baixo: Telinho,Passarinho, Horacio, Tivane e Julinho
Esta equipa participou no Mundial Grupo "B" em Andorra, tendo alcancado o quarto lugar no final da competicao.
Um dos primeiros problemas que esta equipa enfrentou, logo a chegada a Andorra, depois de uma longa viagem entre Maputo e Paris, de aviao, entre Paris e Toulose de comboio e de mini-bus ate Andorra, foi o teste positivo do jogador Raul Madivate.
A saida de Maputo, o nosso Seccionista e Roupeiro, Zefanias Jose chamou-me a atencao para o facto de ter encontrado material suspeito na sacola do Raul; o nosso medico, Dr. Caze, logo a chegada a Andorra solicitou um teste anti-doping ao nosso jogador Raul, tendo acusado positivo a opiaceos.
A decisao imediata foi retirar o Raul da lista de jogadores, mandando avancar desde Maputo o Carlitos, que igualmente tinha tido uma boa campanha anterior ao Mundial; o Raul continuou junto a Delegacao e passou a ser o roupeiro da equipa; os jogadores Franceses que o conheciam muito bem do Mundial de Macau/ 90, ficaram muito admirados por nao o verem a jogar.
O Raul Madivate era um dos nossos melhores jogadores, e fez falta a equipa, principalmente no jogo da meia-final, contra a equipa da casa, a Seleccao de Andorra.
Antes deste jogo com Andorra, a equipa nacional de Mocambique tinha vencido todos os jogos do grupo, incluindo Angola (por 3-1), encontrando-se em igualdade de pontos com Andorra, apenas com mais um golo sofrido (no jogo contra Australia em que vencemos por 6-1); antes do jogo,os dirigentes Andorrenhos chamaram-me para um gabinete e fizeram-me uma proposta indirecta para perder esse jogo; isso arreliou-me imenso e transmiti de imediato a equipa o que se tinha passado; durante o jogo, o equilibrio entre as duas equipas foi constante, como revela o proprio resultado final de 6-5 a favor de Andorra.
Uma agressao do jogador Andorrenho de origem Italiana ao nosso jogador Telinho, sem nenhuma sancao disciplinar, fez perder-me a cabeca e entrar pelo rinque ameacando o jogador Andorrenho; no banco tinha o Julinho que so me pedia para entrar, para dar cabo do "Italiano" como era por nos designado; algo me impediu fazer entrar o Julinho, pois conhecia-o bem e sabia que o Julinho "desmontaria" por completo o "Italiano"; o Telinho recuperou, como grande jogador que era e possuidor de uma tremenda capacidade fisica, mas a equipa acusou o toque e num lance ja no final da partida, uma perda de bola do Tivane, permitiu Andorra vencer a partida.
Ja nao disputamos a final com a Franca, fomos jogar para o terceiro e quarto lugar com Angola e perdemos por 2-1, terminando a prova no quarto lugar.
Para este campeonato, cheguei a um acordo com os jogadores sobre o sistema de premiacao, que penso funcionar igualmente para as duas partes envolvidas: de um lado os jogadores e do outro lado o pagador dos premios; em caso de vitoria, os jogadores recebiam o valor acordado para cada jogo; em caso de empate, nao havia premio; em caso de derrota, o valor acordado como premio era descontado aos jogadores; estavamos todos de acordo, os premios por vitoria eram progressivos e o valor em disputa para a conquista do terceiro lugar que dava direito a subida ao Grupo "A" era equivalente ao valor acumulado; como os jogadores perderam o jogo,perderam todo o valor acumulado, ficando os premios em zero, ou seja, objectivo nao alcancado nao foi premiado; um sistema interessante que funciona bem quando se ganha e se alcanca o objectivo, mas muito penoso quando se perde!
ZC55

Estrela Vermelha de Maputo


Na foto, da esq. p/dir.
em cima: Paizinho, Carlitos, Justino, Josuel e Zefanias
em baixo: Sandro, Passarinho e Senito
Esta equipa formada a partir de 1989 ganhou todos os Campeonatos e Torneios em que participou e seria a base da equipa vencedora do Campeonato Africano em 1993 em Port-Said/Egipto.
Um dos melhores jogadores que Mocambique teve depois da Independencia, SENITO (Arsenio Esculudes Jr.), seguiu em 1991 para a Italia onde jogou profissionalmente durante duas epocas, tornando-se uma referencia no hoquei Mocambicano.
Uma das caracteristicas deste periodo aureo do hoquei em patins, foi o patrocinio de empresas ligadas ao Clube, atraves de pessoas ligadas ao hoquei; um desses patrocinadores na altura, foi a Vicom, dirigida em Maputo pelo Ze Capelao e Miguel Rousseau, dois antigos praticantes, sendo o Miguel uma das grandes figuras do hoquei antes e apos a Independencia;na Africa do Sul, sede da Vicom,o Vitor Carvalho era outro entusiastico patrocinador.
O hoquei dirigido desta forma, permitia garantir a este grupo de jogadores os seus estudos, trabalho, alojamento, alimentacao e transporte; permitia a aquisicao de material e equipamento, de deslocacoes para o estrangeiro para estagios e competicoes; a nivel da Federacao, o Presidente Dr. Hermenegildo Gamito fazia a gestao da modalidade, tendo empresas como a Mabor, Maquinag e Cabora-Bassa a ajudarem e dando patrocinios que aliviavam enormemente o Estado e a Secretaria de Estado dos Desportos de encargos com a modalidade.
Ao mesmo tempo, empresas como a Sobec, liderada pelo hoquista Luis Brito, ou a empresa Joao Ferreira dos Santos atraves do Dr.Fernando Duarte, como Presidente da Associacao de Maputo, ou ainda o hoquista Dr.Felix Mandlate, Director Nacional de Veterinaria, iam ajudando a modalidade e clubes envolvidos; o Desportivo tinha outros patrocinadores como a Socimo, o Ferroviario tinha a empresa-mae mas igualmente alguns patrocinadores individuais.
Tempos diferentes, outras mentalidades e pessoas que gostavam da modalidade e nao se aproveitavam dela para interesses e beneficios pessoais.
ZC55